Tag Archives: hate machine

Endemoniada #1

Esses dias eu tenho estado assim, meio DEMONHA.

Na minha vizinhança, crianças choram. Mulheres normais pensariam: “nossa, o bebê deve estar com fome”, “esse pai malvado batendo no menininho, tadinho”, “nossa, esse garotinho andou aprontando hein” e similares. Eu pensei nisso:

Quem me conhece sabe que eu tenho vontade de ter filhos e tudo o mais. Mas aí, pensar no fato de ter vontade de cometer um crime quando ouço um moleque chorando me fez repensar o assunto.

Outro marco do meu “endemonhamento” é a dor de cabeça que me dá quando ouço uma pessoa falando errado ou forçando um determinado relgionalismo:

Pô véi cê viu ses lance de Expoleste, muito foda o treim

*sangue sobe pra cabeça e me deixa tensa*

O original no linguajar que eu considero normal para essa região:

Pô, você viu o cartaz da Expoleste? Muito foda!

Pessoas com dificuldade de facilitar a comunicação me irritam profundamente. E a galera do Twitter que resolveu popularizar os nossos memes? “Trollagem” deixou de ter graça depois que qualquer um começou a aproveitar qualquer contexto e lançar mão da palavra. Mas se a pessoa em questão, que de nerd e manjadora NADA TEM, vê a imagem a seguir,  simplesmente não entende:

E quando gente que eu nunca vi puxa assunto falando coisas idiotas?

– Lindo dia, né?

– Não.

– Ah, você não gosta de calor?

– Não.

– Ei, você mora onde?

– Em algum lugar onde free talkers não existem

– que-

*sai de perto*

Tem também a TOLERÂNCIA ZERO, que tá pegando forte – ou você tem facilidade pra suportar comentários como esse?

– Aí você faz a aplicação endovenosa do…

– Professora, endovenosa é dentro da veia?

AI MEU CAR********** como alguém pode NÃO SABER disso? APAPQP VTNC SEU MERDA IDIOTA FILHO DUMA ÉGUA 1000 VEZES PARIDA!

Sim, eu tenho ódio de gente burra. ÓDIO ÓDIO ÓDIO

E esses merdas estão inundando as faculdades.

Agora me diz, DE QUEM É A CULPA?

Manjadores: ISSO NÃO É UMA RAGE PRÉ-SANGUE!

CONTINUA

Anúncios

Desabafo. (Twitter)

Indignado seria a palavra? O que diabos esse povo quer afinal? Chamar atenção mandando infinitas mensagens para o Justin Bieber? Hell-ow, ele não tem tempo para você, baby. (baby, baby, ohhhhh…)

Há aqueles que querem chegar aos TTs… Ok, mas e depois? O que acontece? A tela do seu computador irá se transformar em algum portal para outro mundo com seres encantados do qual desconheço? Atingir de forma espontânea ou com algum objetivo maior (ex.: eu tentando uma atenção para que lancem um Rock Band do Pink Floyd, ou o Synthzoid querendo a publicação da HQ Invisibles no Brasil), tudo bem, mas só para dizer que você criou uma hashtag que foi parar nos TTs? Ah, faça-me o favor!

Eu vi algo que o Rafinha Bastos fez e achei super digno. Ele criou uma hashtag completamente idiota e sem sentido, dizendo que o objetivo era aparecer nos TTs, logo um bando de retardados  começaram a usar a hashtag, o que rendeu um esculacho do Rafinha. – Ninguém notou que era uma piada? – Tinha mesmo que ser meu xará!!!

Olha! Alguém está próximo do milésimo tweet! Mas… o que isso significa mesmo? Ah sim, que essa pessoa deve ser realmente desocupada, ou existe alguma promoção para premiar a pessoa com mais tweets e eu não fiquei sabendo? Tudo bem eu já tenho quase 5 mil tweets, mas nem por isso preciso poluir a timeline alheia repetido um milhão de vezes que os tenho.

E aqueles que usam scripts para ganhar seguidores??? E comemoram a cada remessa de seguidores que ganham hahaha!

Ficam repetindo o mesmo tweet esperando que alguém dê RT. Por favor! Todos já lemos seu tweet, ninguém deu RT porque ninguém gostou, portanto NÃO INSISTA!!!

Também temos aquelas pessoas que contam o que fez durante o dia todo. Será que não percebem que estão fazendo isso errado!!! Deveriam criar um blog e não mandar 300 tweets seguidos dizendo que esbarrou com fulano de tal voltando da aula de francês, depois foi ao supermercado e viu aqueeeeeeeeele gato de olhos azuis e acabou indo embora sem levar o café.

Reclamam sem parar que beltrano só sabe falar do mesmo assunto, ou que cicrano está participando do Lingerie Day. Hoje mesmo vi o Ed Motta dando uns esculachos porque tinha gente insatisfeita que o cara estava falando sobre gastronomia. Gente, é para isso que existe o botão unfollow, ou ainda o botão block. Use-o e seja feliz!!!

Agora, para finalizar meu desabafo, tem coisa mais insuportável que alguém querendo atenção em um twitcam de famosinho? De boa? Se não tem bom-senso, SE MATEM!!!

Beijos no Cérebro!

%d blogueiros gostam disto: