Tag Archives: desabafo

Endemoniada #1

Esses dias eu tenho estado assim, meio DEMONHA.

Na minha vizinhança, crianças choram. Mulheres normais pensariam: “nossa, o bebê deve estar com fome”, “esse pai malvado batendo no menininho, tadinho”, “nossa, esse garotinho andou aprontando hein” e similares. Eu pensei nisso:

Quem me conhece sabe que eu tenho vontade de ter filhos e tudo o mais. Mas aí, pensar no fato de ter vontade de cometer um crime quando ouço um moleque chorando me fez repensar o assunto.

Outro marco do meu “endemonhamento” é a dor de cabeça que me dá quando ouço uma pessoa falando errado ou forçando um determinado relgionalismo:

Pô véi cê viu ses lance de Expoleste, muito foda o treim

*sangue sobe pra cabeça e me deixa tensa*

O original no linguajar que eu considero normal para essa região:

Pô, você viu o cartaz da Expoleste? Muito foda!

Pessoas com dificuldade de facilitar a comunicação me irritam profundamente. E a galera do Twitter que resolveu popularizar os nossos memes? “Trollagem” deixou de ter graça depois que qualquer um começou a aproveitar qualquer contexto e lançar mão da palavra. Mas se a pessoa em questão, que de nerd e manjadora NADA TEM, vê a imagem a seguir,  simplesmente não entende:

E quando gente que eu nunca vi puxa assunto falando coisas idiotas?

– Lindo dia, né?

– Não.

– Ah, você não gosta de calor?

– Não.

– Ei, você mora onde?

– Em algum lugar onde free talkers não existem

– que-

*sai de perto*

Tem também a TOLERÂNCIA ZERO, que tá pegando forte – ou você tem facilidade pra suportar comentários como esse?

– Aí você faz a aplicação endovenosa do…

– Professora, endovenosa é dentro da veia?

AI MEU CAR********** como alguém pode NÃO SABER disso? APAPQP VTNC SEU MERDA IDIOTA FILHO DUMA ÉGUA 1000 VEZES PARIDA!

Sim, eu tenho ódio de gente burra. ÓDIO ÓDIO ÓDIO

E esses merdas estão inundando as faculdades.

Agora me diz, DE QUEM É A CULPA?

Manjadores: ISSO NÃO É UMA RAGE PRÉ-SANGUE!

CONTINUA

Anúncios

Preguiça, chute no saco e cidadania

Esses dias eu tenho estudado fortemente a disciplina de Legislação e Ética Profissional. Li aqueles livros bonitinhos da Coleção Primeiros Passos: O que é Ética e O que é Cidadania.

Claro que a sensação foi de uma viagem histórica pela filosofia e pela história do capitalismo e ascenção da burguesia, Kant, Karl Marx e mais um monte de coisas legais que só quem estava lá na aula de história se lembra bem.

O que chama a atenção em uma disciplina como essa é que você acaba por lembrar, forçosamente, que está naquela situação extremamente confortável de levar a sua vida numa boa sem se importar muito com mais nada que não seja você e seu mundinho particular. O estudo de ética e cidadania quer te tirar dessa zona de conforto (ui, que clichê) e te fazer mexer esse traseiro gordo e esse peito tetudo em direção de fazer alguma coisa pela sociedade.

Se você se sente convocado pelas injustiças que acontecem todos os dias, meus parabéns. Esse post NÃO é para você.

@alfinete MEU HERÓI

Se você está achando esse meu papo um tremendo chute no saco e não tá nem aí para NADA que eu eventualmente falar dentro dessa temática, PLEASE WAIT. Esse post é para você, com todo o fogo do inferno. E sem nenhum compromisso moral.

Não há nenhum mérito em se fazer o que é certo porque a lei te pune quando você faz o errado. Fazer o que é certo simplesmente porque é o certo a se fazer é ser ético. Daí o meu Brasil Brasileiro meu mulato izoneiro apenas samba que dá, porque sambar não é contra a lei. E quando vem o Criança Esperança e a AACD pedir dinheiro, faz a doação mínima (quando faz) só para se sentir alguém de vez em quando. Porque fazer algo com as próprias mãos dá uma preguiça DANADA e a zona de conforto tá tão boa…

E já que o Brasil é terra de nosso Senhor, e dizem por aí que o tal Senhor dá comida aos passarinhos DE GRAÇA, pra que se preocupar com os mendigos e outras pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza, hein? Só mandar eles irem lá comerem a ração divina de passarinho e ZÁS, flawless victory da zona de conforto (e da filhadaputagem) que tem até SOFÁ CHESTERFIELD!

TÁ BOM, CLAUDIA, SENTA AÍ

E essa tal de eleição, hein? Ninguém presta mesmo, vou votar em quem estiver ganhando e tá bom demais, vão tudo roubar meu dinheiro mesmo. Ou talvez eu escolha o “menos ruim”, mas aí o conceito de RUIM anda meio bambo esses dias, não acham? Até humorista parou de fazer piada de político, NÉ TSE?

Agora vai lá, CLAUDIA, coçar onde você tava coçando. Enjoei de papear contigo.

Desabafo. (Twitter)

Indignado seria a palavra? O que diabos esse povo quer afinal? Chamar atenção mandando infinitas mensagens para o Justin Bieber? Hell-ow, ele não tem tempo para você, baby. (baby, baby, ohhhhh…)

Há aqueles que querem chegar aos TTs… Ok, mas e depois? O que acontece? A tela do seu computador irá se transformar em algum portal para outro mundo com seres encantados do qual desconheço? Atingir de forma espontânea ou com algum objetivo maior (ex.: eu tentando uma atenção para que lancem um Rock Band do Pink Floyd, ou o Synthzoid querendo a publicação da HQ Invisibles no Brasil), tudo bem, mas só para dizer que você criou uma hashtag que foi parar nos TTs? Ah, faça-me o favor!

Eu vi algo que o Rafinha Bastos fez e achei super digno. Ele criou uma hashtag completamente idiota e sem sentido, dizendo que o objetivo era aparecer nos TTs, logo um bando de retardados  começaram a usar a hashtag, o que rendeu um esculacho do Rafinha. – Ninguém notou que era uma piada? – Tinha mesmo que ser meu xará!!!

Olha! Alguém está próximo do milésimo tweet! Mas… o que isso significa mesmo? Ah sim, que essa pessoa deve ser realmente desocupada, ou existe alguma promoção para premiar a pessoa com mais tweets e eu não fiquei sabendo? Tudo bem eu já tenho quase 5 mil tweets, mas nem por isso preciso poluir a timeline alheia repetido um milhão de vezes que os tenho.

E aqueles que usam scripts para ganhar seguidores??? E comemoram a cada remessa de seguidores que ganham hahaha!

Ficam repetindo o mesmo tweet esperando que alguém dê RT. Por favor! Todos já lemos seu tweet, ninguém deu RT porque ninguém gostou, portanto NÃO INSISTA!!!

Também temos aquelas pessoas que contam o que fez durante o dia todo. Será que não percebem que estão fazendo isso errado!!! Deveriam criar um blog e não mandar 300 tweets seguidos dizendo que esbarrou com fulano de tal voltando da aula de francês, depois foi ao supermercado e viu aqueeeeeeeeele gato de olhos azuis e acabou indo embora sem levar o café.

Reclamam sem parar que beltrano só sabe falar do mesmo assunto, ou que cicrano está participando do Lingerie Day. Hoje mesmo vi o Ed Motta dando uns esculachos porque tinha gente insatisfeita que o cara estava falando sobre gastronomia. Gente, é para isso que existe o botão unfollow, ou ainda o botão block. Use-o e seja feliz!!!

Agora, para finalizar meu desabafo, tem coisa mais insuportável que alguém querendo atenção em um twitcam de famosinho? De boa? Se não tem bom-senso, SE MATEM!!!

Beijos no Cérebro!

%d blogueiros gostam disto: