Game of Thrones: Primeiras Impressões!

Então minha timeline no Twitter explodiu hoje cedo com uma discussão envolvendo as similaridades entre os roteiros de Game of Thrones e Lord of The Rings, claro, tenho acompanhado ao longo do mês todo o bafafá sobre a série, que é baseada em um dos clássicos da literatura de fantasia medieval, coisa que eu admitia não saber até então, movido por curiosidade eu resolvi ver – de forma ilícitam é claro, baixando em um site de torrents – os três primeiros episódios lançados no EUA.  Vamos começar pelo básico, Game of Thrones, seguindo a tradição das séries da HBO, apresenta altíssimos valores de produção, tudo planejado de forma coerente, observamos excelência em cenografia, figurino (inclusive armas e armaduras), atuação (embora, pra variar, exista o problema de sotaques…) e construção de roteiro e direção, dentro do composto, talvez, minha única queixa seja em relação aos efeitos especiais, talvez limitação orçamentária, mas não é nada que soe artificial demais.

Aparentemente as comparações surgiram com a presença de Sean Bean no elenco, refrescando a memória de vocês, Sean interpretou Boromir na trilogia Lord of The Rings há quase uma década atrás, da minha parte, eu sou capaz de entender o criticismo que exista nessa escolha dos produtores, é um papel de natureza similar ao anterior, eu, como espectador e ciente dos fatos, senti um certo enfado em algumas cenas, ainda assim Sean Bean se esforça, traz distinção aos personagens, não é mera repetição, embora, eu acredite, que isso irá trazer alguns curiosos memes na Internet daqui há um tempo.

Talvez por eu não ter lido os romances das Crônicas de Fogo e Gelo, eu ainda não entendi as comparações com o universo criado por J.R. Tolkien, se no passado, Lord of The Rings construiu sua história em cima de uma narrativa épica, a adaptação para TV de Game of Thrones consiste no desenvolvimento de uma trama política, conspirações e a ausência do maniqueísmo comum nas obras de Tolkien, se existe algo que Game of Thrones possa me lembrar, é o universo de moralidade cinzenta de The Witcher do polonês Andrzej Sapkowski, ou até mesmo o universo do game Dragon Age.

Embora pareça ser destoante, Game of Thrones retém diversas convenções comuns ao gênero, como a presença de magia e para-normal e também a misoginia freqüente nessas histórias, talvez como forma de refletir os valores desta sociedade de “fantasia medieval” foram comuns no primeiro episódio envolvendo situações depreciativas e até uma insinuação de estupro, a questão sexual em “Game of Thrones” é interessantíssima, muitos podem argumentar “os personagens fodem”, e claro, porque não? Da forma como isto foi empregado no roteiro, acabou sendo um recurso a mais para humanizar os personagens na história.

Minhas primeiras impressões sobre Game of Thrones foram boas, eu gostei, é o tipo de seriado que andava fazendo falta pra mim e – talvez –  o primeiro de fantasia medieval que eu comecei a acompanhar, boa iniciativa por parte da HBO, pois embora a série não amadureça ou contribua em nada para o gênero, faz o papel de representar, perfeito para quem estava farto de médicos fanfarrões, nerds descolados e zumbis hypes.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Leandro Rodrigues  On 13/05/2011 at 1:50

    Ótima comparação de Game of Thrones com o cenário de The Witcher. Realmente as opiniões sobre ele ser COPIADO do Lord of the Rings são equivocadas, mas têm fundamento, já que Tolkien praticamente trouxe à luz as lendas antigas européias. Eu acredito que Game of Thrones tenha sua própria bagagem e a tendência é desenvolver melhor sua trama conforme o leitor se aprofunda nos livros.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: