Youpix 2011: Impressões


A localização chega até ser tímida, se você levar em consideração a divulgação e buzz promovidos pelos produtores, uma rampa no Palco das Artes localizado no Pq. Ibirapuera, onde uma pequena multidão – pelo horário – se concentrava, fazia frio, o tempo estava um pouco úmido, as árvores no recinto tinham aquele aroma de “terra molhada” que nós, urbanóides, superestimamos.

O espaço é simples, no esquema concretão,  alguns estandes, um pequeno balcão de “bar” improvisado pelo patrocínio da Cerveja Devassa, uma espécie de “detector”, onde habilitava de forma automática o seu check-in em várias redes sociais e até algumas almofadas espalhadas pelo chão, alguns podiam argumentar que o espaço, pela altura do teto, tinha um atmosfera claustrofóbica, eu achei bem confortável.

Um evento sobre “Cultura de Internet”, é assim que o YOUPIX se denomina, um evento onde, em determinado momento, alguma gíria, elemento de dresscode ou situação remete a tweetesfera e/ou blogesfera, um evento que, embora você more em uma cidade com 19 milhões de pessoas, você se sente em um terreno bem familiar.

Não só o terreno, mas a extensão dele, o painel de idéias, a “idéiaesfera”, todos ali, em determinado momento compartilham o cotidiano do evento em seus smart-phones, notebooks e apetrechos do gênero, com as atividades que ali se desenvolvem, palestras, premiações, workshops, você pode dizer que existe mais do evento fora do mesmo, basta ver a hashtag #YoupixSP

Nada lá dentro é comercializado, porem, longe disso ser uma atitude ingênua, o que nós observamos é um grande ato de publicidade, eu tive a oportunidade de desfrutar, com até certo conforto e acessibilidade, de cerveja, refrigerante, drinques e até mesmo um cupcake, sem contar a torrente de brindes que ali eu recebia, hoje eu posso dizer que me arrependo de não ter levado uma bolsa ou mochila.

Uma única crítica? Talvez o excesso de papeis e possível lixo que isto poderia gerar, para um evento focado em Internet, Social Media, grande parte dos expositores nos stands centrou muito sua divulgação em material impresso, folders, encartes e outras modalidades que, sinceramente, podiam ser substituídas por um QR Code impresso na infra-estrutura do local.

Você acaba indo embora com uma sensação de querer mais, fala-se muito de convergência de mídias, mas aquilo é um passo a frente, uma convergência de pessoas, este Grande Hub mezzo-online, mezzo-offline que o Youpix foi. Embora seja comum para todo fim de evento, terminar o dia e voltar para a rotina sacal, o grande diferencial foi a experiência que eu encontrei ali, embora tenha voltado pra casa com as mãos cheias de brindes, os mais valiosos tiveram caráter imaterial, puramente informacional, que agora os guardo em meus pensamentos com o maior carinho.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Anderson Meneses  On 29/04/2011 at 17:46

    Parabéns pelo texto! Muito bacana.
    O #youPIX surpreende a cada edição. =)

  • Alessio Esteves  On 05/05/2011 at 3:28

    Não sei… Ainda preciso ir num desses pra ver. Pelos comentários e tweets parece algo besta.

    Mas tão besta quanto um Anime Friends, RPGcon e Fest Comix, saca?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: