Decadência do futebol nacional ou ascenção do futebol mundial?

Por Gafanhoto

O futebol brasileiro ainda é o maior do mundo? Não é o que diz o ranking da Fifa, mesmo sendo o único país pentacampeão mundial. O Brasil liderou por muito tempo o ranking da Fifa, mas ultimamente não tem conseguido o primeiro lugar, apesar de nunca ficar muito longe disso.

Logo em 1998 assistimos nossa seleção, sendo a preferida ao título, perder o penta para uma inferior seleção francesa, primeira vez campeã. Até hoje tem ainda quem diga que foi comprada, mas isso é assunto para outra discussão.

Em 2002, era obrigação vencermos! E vencemos.

Mas uma vez mais, na copa de 2006, perdemos para a França logo nas quartas de final. Como pode uma seleção sem muito prestígio, apenas uma vez campeã (em cima do Brasil ainda), e sem grandes jogadores como a nossa nos eliminar assim? Era outro sinal de que o nosso futebol estava caindo de nível…

Já em 2010, perder para aquela seleção da Holanda, de virada, foi mais trágico do que cômico, sem comentários.

Já na Copa Libertadores da América, a história foi um pouco diferente, tendo apenas poucos times brasileiros campeões até 1992, os argentinos lideravam com folga o campeonato. De lá pra cá, o Brasil venceu 9 vezes contra 7 dos hermanos, mas apenas 3 de 2000 pra cá, disputando a maioria das finais. Temos um dos piores aproveitamentos em finais da Libertadores, são mais tropeços do que glórias. Será que a pressão em ser brasileiro e ter a obrigação de vencer realmente afeta tanto assim a mente dos jogadores? Foi o que presenciamos há pouco tempo, no fiasco de um forte Corinthians, contando com 2 pentacampeões, contra um fraquíssimo Tolima, contando com jogadores desconhecidos até então. Foi o primeiro time brasileiro a perder uma pré-libertadores.

Já no Campeonato Mundial Interclubes, temos uma disputa bem saudável entre clubes europeus e sulamericanos, ou ao menos tínhamos… A recente derrota do Internacional para o Mazembe (africano) mancha uma história de quase 50 anos de disputa entre times europeus e sulamericanos, é a primeira vez na história que um time sulamericano não disputa uma final de mundial.

É essa questão que fica no ar: Os times brasileiros estão realmente mais fracos? Ou o restante do mundo está cada vez mais próximo do nosso nível? A Europa realmente sempre foi forte, em uma boa parte graças à economia que ajuda a levar os maiores jogadores do mundo para atuar nos times europeus, isso prejudica os outros continentes, que ficam sem seus principais jogadores, seria o futebol um esporte capitalista? Os jogadores realmente se tornaram mercenários? Independente das respostas, o Brasil está devendo, e muito, para nossos torcedores.

Gafanhoto é nerd, fã de carteirinha do Sexteto Secreto e não marca jogo de RPG em dia de jogo do São Paulo. Quando lembra publicas contos no http://brisantina.wordpress.com

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: